Floresta e Ambiente
http://www.floram.org/article/doi/10.1590/2179-8087.033016
Floresta e Ambiente
Original Article Conservation of Nature

Water Quality in Micro-watersheds Under Different Land Uses in the Municipality of Alegre, Espírito Santo

Milena Scaramussa Pastro; Roberto Cecílio; Sidney Zanetti; Atanásio Amaral; Giovanni Garcia

Downloads: 0
Views: 351

Abstract

ABSTRACT: The present study aimed to evaluate water quality attributes in micro-watersheds under different soil uses. Therefore, four micro-watersheds under the following vegetation cover were selected: pasture, primary forest reforestation, forest, and coffee plantation. Surface and underground water sampling was performed bimonthly between February and December 2014, where thermotolerant coliforms, dissolved oxygen, total nitrogen, phosphorus, turbidity, temperature, pH, biochemical demand for oxygen and total solids were analyzed. Descriptive analyses of each variable were performed during dry and rainy periods, and the values were compared with the normative standards established by Brazilian legislation. Water Quality Indices (WQIs) were also calculated for each collection site. All sites presented some type of nonconformity with human consumption standards. The highest WQI values were found in the forest area micro-basin, followed by the coffee plantation and pasture area micro-basins, highlighting the importance of forested areas for water quality.

Keywords

water resources, water quality, vegetation cover

References

Agência Nacional das Águas – ANA. Indicadores de qualidade: Índice de Qualidade das Águas (IQA) [online]. Brasília: ANA; 2014. [cited 2014 Dec 3]. Available from: http://portalpnqa.ana.gov.br/indicadores-indice-aguas.aspx

Agrizzi DV. Índice de qualidade de nascentes no assentamento Paraíso, Alegre, ES [dissertação]. Jerônimo Monteiro: Universidade Federal do Espírito Santo; 2012.

Almeida MAB, Schwarzbold A. Avaliação sazonal da qualidade das águas do Arroio da Cria Montenegro, RS com aplicação de um índice de qualidade de água (IQA). Revista Brasileira de Recursos Hídricos 2003; 8(1): 81-97. http://dx.doi.org/10.21168/rbrh.v8n1.p81-97.

Alvares CA, Stape JL, Sentelhas PC, Gonçalves JLM, Sparovek G. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorol Zeitschrift 2013; 22(6): 711-728. http://dx.doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507.

Amaral LA, Nader A Fo, Rossi OD Jr, Ferreira LA, Barros LSS. Água de consumo humano como fator de risco à saúde em propriedades rurais. Revista de Saude Publica 2003; 37(4): 510-514. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102003000400017. PMid:12937713.

Arcova FCS, Cicco V. Qualidade da água de microbacias com diferentes usos do solo na região de Cunha, Estado de São Paulo. Scientia Forestalis 1999;(56): 125-134.

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. NBR 9898: preservação e técnicas de amostragem de afluente líquidos e corpos receptores: procedimento. Rio de Janeiro: ABNT; 1987.

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. NBR 10664: água: determinação de resíduos (sólidos): método gravimétrico: método de ensaio. Rio de Janeiro: ABNT; 1989.

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. NBR 12614: água: determinação da demanda bioquímica de oxigênio (DBO): método de incubação (20 °C, cinco dias): método de ensaio. Rio de Janeiro: ABNT; 1992.

Batalha SSA, Martorano LG, Biase AG, Morales GP, Pontes AN, Santos LS. Condições físico-químicas e biológicas em águas superficiais do Rio Tapajós e a conservação de Floresta Nacional na Amazônia, Brasil. Revista Ambiente & Água 2014; 9(4): 647-663. http://dx.doi.org/10.4136/ambi-agua.1304.

Bertossi APA, Cecílio RA, Neves MA, Garcia GO. Qualidade da água em microbacias hidrográficas com diferentes coberturas do solo no sul do Espírito Santo. Revista Árvore 2013; 37(1): 107-117. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622013000100012.

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Lei n° 9433, de 8 de janeiro de 1997. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF (1997 jan.): 470.

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução nº 357, de 17 de março de 2005. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF (2005 mar.); Sec 1: 58-63.

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução nº 396, de 3 de abril de 2008. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF (2008 abr. 7); Sec 1: 64-68.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 2914, de 12 de dezembro de 2011. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF (2011 dez.): 39.

Castro PS, Lopes JDS. Recuperação e conservação de nascentes. Viçosa: Centro de Produções Técnicas; 2001.

Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB. IQA: Índice de Qualidade das Águas [online]. São Paulo: CETESB; 2014. [cited 2014 Dec 3]. Available from: http://www.cetesb.sp.gov.br/agua/%C3%81guasSuperficiais/42-%C3%8Dndice-de-Qualidade-das%C3%81guas-%28iqa%29

Donadio NMM, Galbiatti JA, Paula RC. Qualidade da água de nascentes com diferentes usos do solo na bacia hidrográfica do Córrego Rico, São Paulo, Brasil. Engenharia Agrícola 2005; 25(1): 115-125. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162005000100013.

Eaton AD, Clesceri LS, Rice EW, Greenberg AE. Standard methods for the examination of water and wastewater.21. ed. Washington: APHA/AWWA/WEF; 2005.

Esteves FA. Fundamentos de limnologia. Rio de janeiro: Interciência/FINEP; 1998.

Fernandes MM, Carvalho DF, Ceddia MB, Francelino MR. Valoração ambiental do efeito externo da erosão em duas sub-bacias com diferentes percentuais de mata atlântica. Bioscience Journal 2014; 30(2): 411-420.

Franco RAM, Hernandez FBT. Qualidade da água para irrigação na microbacia do Coqueiro, Estado de São Paulo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 2009; 13(6): 772-780. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662009000600016.

Menezes JM, Prado RB, Silva GC Jr, Mansur KL, Oliveira LS. Qualidade da água e sua relação espacial com as fontes de contaminação antrópicas e naturais: bacia hidrográfica do Rio São Domingos - RJ. Revista de Engenharia Agrícola 2009; 29(4): 687-698. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162009000400019.

Menezes JPC, Bertossi APA, Santos AR, Neves MA. Qualidade da água subterrânea para consumo humano e uso agrícola no sul do Estado do Espírito Santo. Revista Eletrônica em Gestão Educação e Tecnologia Ambiental 2013; 17(17): 3318-3326.

Perazzoli M, Pinheiro A, Kaufmann V. Efeitos de cenários de uso do solo sobre o regime hídrico e produção de sedimentos na bacia do Ribeirão Concórdia - SC. Revista Árvore 2013; 37(5): 859-869. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-67622013000500008.

Pereira PS, Fernandes LAC, Oliveira JLM, Baptista DF. Avaliação da integridade ecológica de rios em áreas do zoneamento ecológico econômico do complexo hidrográfico Guapiaçu-Macacu, RJ, Brasil. Revista Ambiente & Água 2012; 7(1): 157-168. http://dx.doi.org/10.4136/ambi-agua.762.

Pinto LVA, Roma TN, Balieiro KRC. Avaliação qualitativa da água de nascentes com diferentes usos do solo em seu entorno. Cerne 2012; 18(3): 495-505. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-77602012000300018.

Scalize PS, Barros EFS, Soares LA, Hora KER, Ferreira NC, Baumann LRF. Avaliação da qualidade da água para abastecimento no assentamento de reforma agrária Canudos, Estado de Goiás. Revista Ambiente & Água 2014; 9(4): 696-707. http://dx.doi.org/10.4136/ambi-agua.1386.

Souza APAB. Índice de qualidade da água em microbacias hidrográficas com diferentes coberturas vegetais, no sul do Estado do Espírito Santo [dissertação]. Jerônimo Monteiro: Universidade Federal do Espírito Santo; 2011.

Tucci CEM, Clarke RT. Impactos das mudanças da cobertura vegetal no escoamento: revisão. Revista Brasileira de Recursos Hídricos 1997; 2(1): 135-152. http://dx.doi.org/10.21168/rbrh.v2n1.p135-152.

Valente OF, Gomes MA. Conservação de nascentes: hidrologia e manejo de bacias hidrológicas de cabeceiras. Viçosa: Aprenda Fácil; 2004.

Vanzela LS, Hernandez FBT, Franco RAM. Influência do uso e ocupação do solo nos recursos hídricos do Córrego Três Barras, Marinópolis. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 2010; 14(1): 55-64. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662010000100008.

Von Sperling M. Introdução a qualidade da água e ao tratamento de esgotos. 3. ed. Belo Horizonte: DESA/UFMG; 2005. 452 p.
 

5b05c75f0e88257316ccbfcf floram Articles
Links & Downloads

FLORAM

Share this page
Page Sections